terça-feira, 30 de maio de 2017

Bater asas e pulsar

Tum tum
ouvia - se
e a vida
escorria de lá
Tum tum
sem parar
e pulsava
a orquestra
Tum tum
com vontade
de embalar
a multidão
Tum tum
ele fazia
e girava
o mundo
Tum tum
em mim
em você
fluindo
Tum tum
tinha magia
encanto
poesia
Tum tum
é o som
que move
o amor
Tum tum
Tum tum

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Como aprendi a falar

Nasci
ouvidos atentos
ouvi
tantos sons
que nem me lembro
davam-me palavras
todos os dias
olhava-as chegando
não as compreendia
mas em mim
se aconchegavam
me conectavam
assim pude sentir
os que me rodeavam
balbuciava e ria
tamanha era a graça
a palavra ia rente
fazia-se túnel entre
ligava-nos

quanta magia
pensava
a boca mexia
abria, fechava
e dentro de mim
algo regia
o que a língua expressava
e foi assim
que pouco a pouco
também aprendi
a reger em mim
essa orquestra de palavras



sábado, 13 de maio de 2017

Guardando um pedaço de Mambaí

Adentrando Mambaí
no interior de Goiás
onde tem pé de pequi
e gente linda por demais
tantos causos interessantes
que nos livros nunca vi
só essa vida de viajante
pra tanta ciência descobri
são sagas, sinas e sabedorias
no meio desse mundão
do povo que constrói e vivencia
muitos feitos e ação 
vive os segredos da terra
dedica a ela sua mão
sabe bem que vem dela
nossa força  e nosso pão
as mulher raizeira
pela fé que tem nas plantas
pode vir qualquer ziqueira
só no chá tem confiança
e bravamente acreditam
nas folhas caules e talos
entregando suas vidas
aos cuidados do Cerrado
se o problema fosse doença
não daria preocupação
pras plantas pedía bença
e já vinha a solução
mas é coisa entre gente
briga de irmão com irmão
dos que plantam a semente
e dos que se diz donos do chão
deixa a vida mais pesada
com essa de querer explorar
esse povo que na enxada
não tem medo de pegar
a natureza toda abundante
entre buritis e pequizeiros
oferta a seus habitantes
flores de muitos cheiros
caliandras, margaridas
enche os lugar de amor
e uns de mal com a vida
mata elas com o trator
os agricultor preocupado
com todessa situação
proseiam angustiados
não vendo solução
e eu que sou da cidade
entendendo meu lugar
vejo que nesse combate
ta faltando nois somar